O CEAM/AHS está na 2ª fase da  Edição 2022 da  Sapientia – Olimpíada do Futuro

A Sapientia é uma olimpíada de conhecimento voltada aos estudantes  do ensino fundamental e médio, com o objetivo de promover uma ação cultural e recreativa, que aborda disciplinas do currículo da educação básica e contemporâneas

O Centro Estadual de Atendimento Multidisciplinar para Altas Habilidades/Superdotação (CEAM/AHS), vinculado à Coordenadoria de Políticas para a Educação Especial (COPESP), estiveram participando, no período de 19 a 23 de maio, da 2ª fase da Edição 2022 da  Sapientia – Olimpíada do Futuro, uma competição de conhecimento, de abrangência nacional, realizada pelo Instituto Vertere, com apoio do Grupo Companhia das Letras e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

A Sapientia é uma olimpíada de conhecimento voltada aos estudantes  do ensino fundamental e médio, com o objetivo de promover uma ação cultural e recreativa, que aborda disciplinas do currículo da educação básica e contemporâneas como Economia, Sustentabilidade, Medicina & Saúde e STEAM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) a partir de uma perspectiva de conteúdos abordados e pautados pela Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas – ONU, pelo método ESG (enviromental, social and governance) e enriquecidos pela visão de pensadores do século 21. 

A Segunda fase corresponde a prova objetiva, individual, de caráter eliminatório, fundamentada por questões que abordarão soluções para problemas relevantes do mundo contemporâneo e uma questão discursiva no formato de uma redação.

O CEAM/AHS participa da 2ª etapa com o estudante Francisco Yuki Ishikiriyama, matriculado no Atendimento Educacional Especializado (AEE) de Química, orientado pela professora doutora Ana Paula Floriano Santos e acompanhado pela Coordenadora Pedagógica Maria Eugênia Bordignon Nachif.

A gerente pedagógica do CEAM/AHS, Eliane Morais Fraulob, salienta que “A Sapientia é a primeira olimpíada a fomentar a produção de projetos que impactem de forma positiva e efetiva a sociedade civil do nosso país. A classificação do estudante para a segunda fase aproxima-se da aplicação prática da suplementação curricular oferecida no Centro. Estamos na torcida!”

Adersino Junior, SED

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *