Home / Notícias / Municípios / Campo Grande do Piauí / CAMPO GRANDE | Alunos da U.E. Belchior Barbosa da Silva participam de aula de campo nos “Grotões”; Veja fotos

CAMPO GRANDE | Alunos da U.E. Belchior Barbosa da Silva participam de aula de campo nos “Grotões”; Veja fotos


Na manhã da última quarta-feira, 24, a Unidade Escolar Belchior Barbosa da Silva, localizada no povoado Carnaíba, na zona rural de Campo Grande do Piauí, promoveu uma aula de campo para os alunos do 8º e 9º ano da escola, tendo como campo de estudo os “Grotões” do município.

Com temas voltados as formações rochosas, a conservação do solo e da caatinga, o objetivo da aula foi de conscientizar os alunos da importância dos seres humanos, animais e da vegetação, dando ênfase aos tipos de rochas existentes, que por sua vez, são formadas pela união natural entre os diferentes minerais encontrados na superfície terrestre.

Localizado próximo a divisa com o município de Monsenhor Hipólito, os “Grotões” já foi uma importante região para os moradores de várias localidades vizinhas, que lá tinham uma fonte de água potável para consumo.

A região visitada pelos alunos fica situada na localidade Olho D´Aguinha, em Campo Grande do Piauí. A expedição foi guiada por Valdo Bezerra, ex-morador da localidade Serra do São Paulo, município de Monsenhor Hipólito, vizinha aos “Grotões”.

Os alunos foram acompanhados pelo diretor Pedro Tomé, pela Coordenadora Ana Águida, e pelas professoras Jacira Leal e Mercês Leal, responsáveis por ministrar a aula de campo e que enfatizaram as questões da vegetação predominante na Caatinga. “Momentos como esse são de grande importância e proveitoso em relação a aprendizagem do aluno em conhecer e apreciar a paisagem natural e a diversidade da fauna e flora desse grande bioma Caatinga”.

Em seguida, o guia Valdo mostrou aos alunos os “Olhos d´água”, espécie de cacimba cercada por tijolos nas formações rochosas, feita pelos antigos moradores para o armazenamento de água potável para o consumo. Valdo explicou que antigamente as “casas” de tijolo eram feitas para evitar que os animais bebessem daquela água.

Na sequência, o ex-morador guiou os alunos até o “Talhado Grande”, o ponto mais alto dos Grotões.  Suas formações rochosas são tão altas que superam a altura do Coqueiro Babaçu, árvore típica dessa região.

Em conversa com o CGNotícias, o diretor da U. E. Belchior Barbosa da Silva Pedro Tomé disse que a aula de campo é de grande importância para os participantes.  “Pra mim uma aula de Campo como essa que fizemos hoje é de grande importância para todos que participaram, principalmente para os alunos, pois é uma aula viva, onde o professor tem a oportunidade de expor o conteúdo e ao mesmo tempo vivenciá-lo, mostrar para os alunos todos componentes que estão inseridos no contexto”.

“A minha avaliação é que apesar das dificuldades de acesso, do cansaço e da distância, valeu a pena, pois só nos tornamos fortes superando os nossos limites, lutando pra vencer os obstáculos, em fim, momentos como esses só perde quem não participa”, concluiu o diretor.

Veja fotos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *