Home / Notícias / Destaques / Caroneiro suspeito de anunciar assalto é morto dentro de caminhão na BR 222
Foto: Polícia Civil do Piauí

Caroneiro suspeito de anunciar assalto é morto dentro de caminhão na BR 222


Um caroneiro morreu durante viagem nesta quinta (19) dentro da cabine do caminhão, no KM 23 da BR 222, entre as cidades de Alto Alegre e São João da Fronteira.  Ele é suspeito de tentar assaltar o motorista e o ajudante do caminhão, que aceitaram dar carona a ele. O suspeito morto foi identificado como Daniel Rodrigues Paiva, que foi alvejado com um tiro na cabeça.

O possível autor do disparo seria o ajudante do caminheiro, que entrou em luta corporal com a vítima. A Polícia Civil do Piauí apreendeu a arma usada no crime. Daniel estava com munições no bolso, o que reforça a tese de assalto premeditado.

O delegado Hugo Alcântara, titular regional da Delegacia de Piracuruca, esteve no local de crime e já pegou o depoimento do motorista do caminhão. O ajudante foi encaminhado para atendimento médico no hospital de Tianguá, no Ceará.

Dinâmica

Com base na narrativa do motorista Cristiano Fernandes, o delegado informou ao Cidadeverde.com que o ajudante Raimundo Gomes e o caroneiro Daniel Rodrigues de Paiva já eram conhecidos. O caroneiro soube que caminhão estava retornando do Maranhão, passaria por Piripiri, município em que estava, e entrou em contato com o amigo para pedir carona até o estado cearense.

“O caroneiro combinou a carona com o amigo (que é o ajudante do motorista) nas Petecas, em Piripiri. Assim, seguiram os três em viagem rumo a Tianguá. Depois de Alto Alegre, o caroneiro começou a ficar esquisito, pedindo para urinar e sempre olhando os retrovisores”.

O delegado ressaltou que o motorista não especificou o anúncio de assalto. Ele teria sido surpreendido com os tiros e a luta corporal entre o caroneiro e o ajudante.

“Nisso, o motorista estacionou o caminhão e correu sentido Tianguá, na rodovia, e pediu por ajuda em um carro que passava pelo local. Depois, avistou o seu caminhão e o cara que pediu a carona na direção. Ele fez como se fosse atropelá-lo. O motorista correu para dentro do mato”.

Após isso, motorista não resistiu aos ferimentos e morreu dentro da cabine.  A Delegacia de Piracuruca entrará em contato com a Delegacia de Tianguá para maiores informações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *