Home / Notícias / Destaques / Cidade no interior do Piauí fica 100% sem combustível devido à greve

Cidade no interior do Piauí fica 100% sem combustível devido à greve


O terminal de petróleo em Teresina – que abastece cerca de 80% dos postos de combustíveis no estado – está há 24horas parado. Não entra e nem sai caminhões de diesel ou gasolina. Os motoristas de Uber permanecem na entrada do terminal bloqueando qualquer entrada de veículos. Com essa decisão, cidade no interior do Estado já está com 100% dos postos desabastecidos.

Um deles é o município de Bom Jesus, a 632 km de Teresina. O prefeito  Marcos Elvas confirmou a informação e disse que os três postos que abastecem a cidade estão parados.

“A situação complicou mais ainda e amanhã teremos que fazer um plano emergencial”, disse Marcos Elvas.

Em Uruçui, dos cinco postos existentes, um tinha gasolina, mas com estoque para atender até amanhã.

O Sindicato dos donos de postos de combustíveis e derivados informou no final da noite que nenhum posto da capital tinha conseguido abastecimento.

Segundo ele, dos cerca de 200 estabelecimentos na capital, um total de 10% está sem gasolina.

“Se a greve continuar 50% dos postos vão parar em Teresina”, disse Alexandre Cavalcante.

Várias cidades do interior do Piauí já estão com 80% dos postos sem combustível. Segundo o presidente há risco iminente estado ficar sem o abastecimento regular de diesel, gasolina e álcool.

“Os estoques estão cada vez menores e sem condições de repor. Cidades como Cocal e Buriti estão com 80% dos postos sem combustível. Em Teresina já possui alguns sem combustível. Daqui para sábado ou domingo esse número pode aumentar”, disse.

O presidente do sindicato, Alexandre Cavalcante, ressaltou que a situação agravou-se certamente pelo consumo exagerado por parte dos condutores de veículo de ontem para hoje, quando foi anunciado que alguns postos já estavam ficando sem o produto.

Hoje o Cidadeverde.com visitou alguns postos e conversou com vários clientes. Dentre eles, boa parte estava com o tanque “meio cheio”, mas queriam “completar” para evitar ficar sem o líquido. Além, é claro, dos condutores que já estavam com o veículo na reserva.

Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *