Home / Notícias / Destaques / Diretor de escola é indiciado por exploração sexual e por oferecer bebida alcoólica a alunos no Piauí
Caso é investigado pela Delegacia de Polícia Civil em Batalha, no Norte do Piauí — Foto: Folha de Batalha

Diretor de escola é indiciado por exploração sexual e por oferecer bebida alcoólica a alunos no Piauí

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito trabalhava como diretor de uma escola pública em Batalha e pode responder ainda por armazenamento de imagens pornográficas de adolescentes.


O diretor de uma escola pública no município de Batalha, Norte do Piauí, foi indiciado por exploração sexual e por oferecer bebida alcoólica para adolescentes, de acordo com a Polícia Civil do Piauí. O delegado Dennis Sampaio informou ao G1 nesta quinta-feira (11) que investiga o caso desde o ano passado e que as vítimas são alunos do colégio que o educador trabalhava.

O delegado afirmou que o suspeito pode responder ainda por armazenamento de imagens pornográficas de adolescentes. “Estamos aguardando um laudo da perícia nos aparelhos eletrônicos dele que foram recolhidos. Essa pode ser a prova de que ele armazenou fotos das vítimas despidas”, explicou Dennis Sampaio.

Segundo o delegado, a investigação teve início após a mãe de uma das vítimas procurar o Ministério Público para fazer uma denúncia. “O órgão pediu que a gente investigasse e conseguimos constatar que ele ligava para os alunos, chamava para sair, levava para casa dele, para festas, para lanchar e para beber”, disse.

Os alunos têm entre 15 e 17 anos. “Muitos deles prestaram depoimento e alguns admitiram que chegaram a enviar fotos sem roupa para o diretor, mas não conseguimos provar se houve conjunção carnal, por exemplo. Eles não admitem se houve, dizem alguns disseram que receberam convites, mas não aceitaram”, afirmou.

Após as denúncias, o educador foi afastado da escola. A Polícia Civil aguarda agora o recebimento do laudo, o inquérito será finalizado e encaminhado para o Ministério Público, que deve apreciar a peça e decidir pela denúncia ou não do suspeito na Justiça. O diretor por responder por três crimes.

Fonte: G1 Piauí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *