Home / Notícias / Destaques / Em mensagem aos deputados, Wellington Dias fala sobre ações prioritárias do governo
Wellington Dias fala sobre ações prioritárias do governo — Foto: Gilcilene Araújo/G1

Em mensagem aos deputados, Wellington Dias fala sobre ações prioritárias do governo

As declarações foram feitas durante leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa do Piauí.


O governador Wellington Dias (PT) falou nesta segunda-feira (4) aos deputados estaduais sobre as ações que devem ser prioridade em seu mandato. Ele voltou a falar sobre o investimento na elevação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e no enfrentamento à situação financeira e previdenciária do estado. As declarações foram feitas durante leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa do Piauí.

“Em 2003 eu assumi o compromisso de, em 20 anos, fazer o Piauí atingir um IDH considerado alto. Hoje, posso dizer que é possível, pois em 2010 atingimos um IDH médio, saindo de um índice que era muito baixo. Até 2022 o Piauí atingirá um índice igual ou muito próximo de 0,7”, disse ele.

Ele falou ainda sobre a situação da previdência nacional e estadual, destacando que hoje o déficit atinge os R$ 200 bilhões no país. Ele destacou que é fundamental que seja levado em consideração o tempo de trabalho e não apenas a idade, para a aposentadoria.

“Esse será o assunto dos próximos dias, porque é algo que afeta todo o Brasil. Um valor como R$ 200 bilhões, que seriam usados em investimentos, não estão sendo destinados para isso”, destacou.

Deputados acompanham leitura de mensagem do governador — Foto: Gilcilene Araújo/G1

Ele falou ainda sobre um tema que tem sido recorrente em seus discursos: o corte de gastos para manter as conta do estado em dia.

“O Estado terá que se manter administrativamente organizado e com equilíbrio fiscal e financeiro. Para isso, é imperativo não descuidar da contenção de gastos e manter a disciplina fiscal”, declarou.

Ele finalizou a mensagem convocando os poderes do Estado para que, juntos, possam vencer as dificuldades e crises enfrentadas não apenas localmente, mas a nível internacional.

“Nossa obrigação é gigantesca. Precisamos honrar a confiança que nos foi depositada. Cada homem e mulher que compõe este Governo, seja no executivo, no legislativo ou no judiciário, terá responsabilidade com o futuro do povo piauiense. Será uma administração com sacrifícios para todos, para que seja possível vencer os tempos difíceis de crise econômica e política de impacto mundial”, disse ele.

Fonte: G1 Piauí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *