Home / Notícias / Geral / Francis Lopes revela detalhes da tentativa de assalto na PI 143, em Jacobina do Piauí

Francis Lopes revela detalhes da tentativa de assalto na PI 143, em Jacobina do Piauí


O deputado estadual Francis Lopes (PRP) relatou, durante a sessão plenária desta terça-feira (27) na Assembleia Legislativa, o susto que ele e integrantes de sua banda de forró viveram na madrugada de quinta-feira (23), na rodovia BR-407, próximo a Jacobina, a 434 Km ao Sul de Teresina, quando homens armados tentaram assaltar o ônibus em que eles viajavam para shows em Condeúba, Ibicoara e Santa Cruz da Vitória, na Bahia.

O motorista que dirigia o ônibus não atendeu à ordem de parada dada pelos assaltantes que estavam no leito da rodovia apontando armas para o veículo. Ao avistar os homens e temendo pela vida dos passageiros, o condutor do veículo acelerou e avançou sobre os bandidos, que dispararam contra o ônibus, atingido na lateral e na traseira. Ninguém se feriu.

Um dos tiros entrou pela janela lateral e por pouco não atingiu um técnico de som que estava deitado. “Todos nós estávamos dormindo [exceto o motorista]. Se ele estivesse sentado na poltrona teria sido atingido pelo tiro. Graças a Deus foi só o susto e o prejuízo do vidro que quebrou e do atraso na viagem, já tivemos que registrar o boletim de ocorrência”, explicou.

De volta ao Piauí, o deputado Francis Lopes conversou com o secretário de Estado da Segurança Pública, Fábio Abreu, e com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto, sobre o ocorrido, quando pediu reforço policial para a região, onde vários assaltos foram registrados nos últimos dias, inclusive na quinta-feira, um pouco antes da tentativa de assalto a Francis Lopes e aos integrantes da banda. O deputado pediu que fosse deslocada para a região uma viatura com motor mais potente, já que a que existe não tem motorização suficiente para atuar numa perseguição, por exemplo.

Fonte: Cidades em Foco

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *