Home / Notícias / Destaques / Fundação do Luciano Huck desenvolverá ações em Picos
Foto: Juscelino Reis

Fundação do Luciano Huck desenvolverá ações em Picos


Grupo Brasileiro de Promoção a Cidadania (GLOS) de Picos participou de uma seleção nacional para desenvolver atividades ligadas ao combate a violência contra a mulher. O grupo se inscreveu em um edital lançado pelo Movimento Bem Maior.

A ação é realizada por uma fundação liderada pelo apresentador da Tv Globo, Luciano Huck, e conta com o apoio de cinco empresários do exterior.

De acordo com a presidente do grupo, Jovanna Cardoso, ao todo quatro mil projetos foram inscritos.

“Ficamos entre os 100 projetos selecionados. A fase seguinte constou com uma semana de votação no site do Movimento e, para a nossa surpresa, ficamos selecionados em segundo lugar. Não imaginávamos esse resultado”, disse Jovanna.

O projeto picoense consiste em ações de formação, prevenção e qualificação, a fim de buscar multiplicadores.

“Nosso projeto consiste em prevenir e enfrentar todas as formas de preconceito contra a mulher, combater o feminicídio, a misoginia e o sexismo. Com o decorrer das ações, poderemos receber a visita do Luciano Huck e exibirá em seu programa nosso projeto”, explicou a presidente do GLOS.

Após a efetivação do termo de compromisso entre o grupo e a Fundação, as atividades começarão a ser desenvolvidas em meados de agosto, em Picos e mais nove cidades da região com duração de um ano.

Movimento Bem Maior

O Movimento Bem Maior tem uma meta grandiosa: transformar realidades, construir um país melhor e dobrar o volume de colaborações em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em dez anos.

Criado por Elie Horn, fundador da Cyrela Brazil Realty; Eugenio Mattar, CEO da Localiza; Luciano Huck, apresentador de televisão; e Rubens Menin, co-fundador e CEO da MRV Engenharia, o Movimento Bem Maior reúne pessoas, organizações e suas respectivas redes que acreditam no poder da união de forças e diferentes tipos de capital para transformar realidades e contribuir para um país melhor.

A plataforma faz curadoria de projetos e instituições e tem como objetivo ser uma “vitrine de possibilidades”, concedendo um selo de qualidade a propostas sérias de diversos setores, de forma a reforçar a cultura da colaboração no Brasil.

Fonte: Picos 40 Graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *