Home / Notícias / Destaques / Governador defende empréstimos e diz: ” tem gente querendo que o Piauí se acabe”

Governador defende empréstimos e diz: ” tem gente querendo que o Piauí se acabe”


O governador Wellington Dias (PT) defendeu nesta quarta-feira (29) os empréstimos que o Piauí tem tomado juntos a bancos nacionais e internacionais, como o BID. Segundo ele, graças às operações de crédito, o Executivo tem conseguindo antecipar investimentos e fazer a economia girar mesmo diante da crise financeira do país. Para o governador, quem critica os empréstimos está querendo “acabar com o Piauí”.

“Empréstimo é uma forma de antecipar investimentos. Quando assumi a dívida era R$ 4 bilhões e a receita R$ 7 bilhões. Isso representava 62% da receita anual. Nós tomamos o empréstimo e a economia cresceu, ao mesmo tempo pagamos R$ 400 milhões em 2015, 2016 e vamos pagar agora também. A dívida caiu. A nossa divida agora é 42%. Não tinha elevado na Miguel Rosa e agora tem. Tem gente que está torcendo para o Piauí se acabar”, afirmou, mandando um recado claro para a oposição.

Wellington Dias disse que não estava planejado governar o Estadocom o país enfrentando uma grave crise e criticou a política adotada pela União de travar recursos aos estados. “Eu nãotinha me planejado ser governador no país com essa crise. Não tem perspectiva de grandes investimentos com a União. O empréstimo com a Caixa nunca saiu. Tive que entrar com uma ação. É uma postura errada do governo de ficar segurando o que vai para investimento. Isso não é natural. A PPP é uma saída. É o privado botando o dinheiro dele e lá na frente volta para o governo à empresa”, declarou.

Fonte e fotos: Cidade Verde

Foto destaque: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *