Home / Notícias / Destaques / Jogador de 11 anos de Itainópolis é destaque por força de vontade e bom futebol
Rian, de 11 anos, meia da Escolinha R9 — Foto: Reprodução/TV Clube

Jogador de 11 anos de Itainópolis é destaque por força de vontade e bom futebol

Rian, meia da Escolinha R9, que viaja todos os dias para treinar, saindo de Itainópolis até Picos


A busca pelo sonho de ser jogador de futebol por vezes pode ser uma tarefa árdua. Esse é o caso de Rian, meia da Escolinha R9, que viaja todos os dias para treinar, saindo de Itainópolis até Picos. O percurso de ida e volta totaliza 100km. Em dia de jogo, quando o atleta, segue para Teresina, a distância aumenta para 370km – como aconteceu na estreia do garoto na Taça Clube de futebol sub-11, torneio que reúne 36 escolinhas.

Somando com o retorno, Rian chega a rodar por dia 740km. Atleta da Escolinha Ingazeira, o camisa 10 foi cedido ao R9 para a disputa do Campeonato Piauiense da categoria. Aos finais de semana, o atleta ainda disputa partidas amistosas na capital piauiense.

– É difícil. A gente sai de Itainópolis às 4 horas da manha para chegar aqui oito horas para treinar. É difícil, mas vale a pena. Estamos juntos. Obrigado a todos pelo apoio – destacou Rian, meia da Escolinha R9.

O esforço da família está dando certo. Logo na estreia, Rian balançou as redes duas vezes. O segundo e último gol deu a vitória para o time, por 3 a 2, sobre a Escolinha Parque Real. Pablo Raydan, treinador da Escolinha R9, falou sobre a qualidade da promessa das bases piauienses mostrada logo na primeira partida.

Rian marcou dois gols na vitória da Escolinha R9 — Foto: Reprodução/TV Clube
Rian marcou dois gols na vitória da Escolinha R9 — Foto: Reprodução/TV Clube
– Ele é muito diferenciado. Os três. Além de todos os outros, ele tem aquele talento que a gente consegue observar durante a partida – completou o técnico.

Rian viaja acompanhado do pai Serafim.
– Nossa estrada de Itainópolis a Picos é muito ruim, demora demais. A distância a Teresina, tem que acordar de madrugada, lá pelas 3h30, fazer um lanche. É muita dificuldade. Tem os gastos, custos. Nos tempos de hoje, as coisas são muito caras. O que é gratificante é a vontade dele de jogar bola, isso nos conforta – relatou o pai de Rian.

A Taça Clube sub-11 é o torneio das escolinhas de futebol que acontece pelo terceiro ano seguido. Na edição de 2019, o torneio de base, que representa o Campeonato Piauiense da categoria, tem 36 escolinhas inscritas. Mais de 900 atletas cadastrados e divididos em 12 grupos com três times.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *