Home / Notícias / Destaques / No Piauí, governador da Bahia diz que gestores do NE querem diálogo ‘maduro’ com Bolsonaro

No Piauí, governador da Bahia diz que gestores do NE querem diálogo ‘maduro’ com Bolsonaro


No Piauí, o governador da Bahia Rui Costa (PT) criticou a postura do presidente da República que, segundo ele, está brigando com o mundo inteiro e não apenas com governadores do Nordeste. Apesar dos conflitos, ele pontua que está à disposição para um diálogo com Bolsonaro.

“Os governadores do Nordeste querem uma relação profissional, madura. Nós estamos dispostos a sentar em qualquer momento que o presidente queira sentar e conversar de forma madura, profissional sobre o destino do Nordeste e do Brasil. O que for preciso fazer para o Brasil retormar o Brasil e a renda, nós estamos dispostos a ajudar”, disse Costa.

Ele enfatiza que o período eleitoral terminou e é preciso começar a governar.

“No nosso entender quem se elege a presidente da República, governador  e prefeito não pode e não deve colocar em primeiro lugar questões políticas partidárias ou mesmo divergências pessoais que tenham com qualquer outro político. Você deve colocar o interesse da população em primeiro lugar e o trabalho que vai melhorar a vida das pessoas. É isso que temos procurado fazer”, disse Costa.

“Infelizmente, o Brasil vive em um momento muito difícil. Estamos no quinto ano seguido de recessão, desemprego, de crise econômica. Qualquer presidente quando é eleito tem que deixar o clima eleitoral lá atrás, na eleição que ocorreu no ano passado. Tem que botar um ponto final e começar a governar. Mas o clima de beligerância  e provocação continua, o mesmo clima da eleição e isso tem gerado um ambiente muito ruim não só com os governadores”, completou o governador.

Ele acrescenta que o ‘clima de eleição’ tem prejudicado o país inteiro e que Bolsonaro está brigando com o mundo inteiro.

“Não é só o clima com os governadores. Brigou com o México defendendo o muro com os EUA, brigou com os países árabes que já diminuíram compras do Brasil, comprou briga com a Alemanha devolvendo dinheiro que era para a Amazônia, brigou com a Noruega, Dinarmarca. Está brigando com o mundo inteiro e isso está prejudicando os brasileiros”, disse Costa

CONSÓRCIO NORDESTE

Rui Costa e os demais governadores do Nordeste estiveram em Teresina ontem (22) para tratar sobre o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste e discutiram metas para o desenvolvimento da região. No encontro ficou decidido a compra coletiva de medicamentos pelos estados, o que vai baratear os custos.

“O consórcio é uma ferramenta de gestão e vamos começar a colher os frutos a partir deste mês. Na semana que vem, faremos uma reunião com os secretários de saúde para finalizar a primeira ação concreta do consórcio que é a compra coletiva de medicamentos, equipamentos para a área de saúde conjuntamente e isso, na minha opinião, vai trazer um ganho gigantesco porque vamos conseguir uma redução expressiva de preços para todos os estados e esse recurso que vai ser economizado vai ser aplicado em mais ações de saúde”, concluiu Costa.

Fonte: Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *