Home / Notícias / Destaques / Piauí tem 58 áreas de risco para transmissão de Febre Amarela; Sesapi emite alerta

Piauí tem 58 áreas de risco para transmissão de Febre Amarela; Sesapi emite alerta


Mais de 50 municípios do Piauí continuam considerados pelo Ministério da Saúde como áreas de risco iminente para transmissão da Febre Amarela. Nesta quarta-feira (17) a Secretaria Estadual de Saúde irá emitir uma alerta com as orientações para a população de 58 cidades piauienses.

O diretor de Unidade de Vigilância e Atenção à Saúde, Herlon Guimarães, ressalta que não é preciso que a população entre em desespero. No ano passado estes mesmo munícipios já haviam sido incluídos na lista de área de risco do Ministério da Saúde e a maioria dos moradores das cidades já se vacinou contra a doença. A Sesapi orienta que quem ainda não está imunizado deve procurar uma Unidade Básica de Saúde e se vacinar.

A Febre Amarela urbana é transmitida aos seres humanos através da picada do Aedes Aegypti na sua forma silvestre. A versão silvestre da doença é disseminada pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes, circulantes em matas.

Segundo Herlon Guimarães, há mais de 40 anos não é registrado nenhum caso de Febre Amarela no Piauí. No ano passado houve o registro de três casos prováveis da doença no Estado, mas exames laboratoriais descartaram as suspeitas.

 “Nesses municípios há cobertura vacinal, já ampliamos medidas de prevenção e hoje será expedida um alerta sobre a recomendação do Ministério da Saúde para essas cidades”, adianta Herlon Guimarães.

Os casos leves da doença causam febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Os graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais. A vacina está no calendário de imunização nacional e é recomendada para as pessoas que tem entre nove meses e 59 anos de idade e também para quem irá viajar para alguma área de risco.

A recomendação neste caso é que a imunização seja feita pelo menos dez dias antes da viagem.

Municípios em alerta

Os municípios considerados como área de risco para transmissão da Febre Amarela são:


Alvorada do Gurguéia, Anísio de Abreu, Antônio Almeida, Avelino Lopes, Baixa Grande do Ribeiro, Barreiras do Piauí, Bertolínia, Bom Jesus, Bonfim do Piauí, Brejo do Piauí, Canavieira, Canto do Buriti, Caracol, Colônia do Gurguéia, Coronel José Dias, Corrente, Cristalândia do Piauí, Cristino Castro, Curimatá, Currais, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Eliseu Martins, Fartura do Piauí, Gilbués, Guadalupe, Guaribas, Itaueira, Jerumenha, João Costa, Júlio Borges, Jurema, Landri Sales, Manoel Emídio, Marcos Parente, Monte Alegre do Piauí, Morro Cabeça no Tempo, Nazária, Palmeira do Piauí, Parnaguá, Pavussu, Porto Alegre do Piauí, Redenção do Gurguéia, Riacho Frio, Ribeiro Gonçalves, Rio Grande do Piauí, Santa Filomena, Santa Luz, São Braz do Piauí, São Gonçalo do Gurguéia, São João do Piauí, São Lourenço do Piauí, São Raimundo Nonato, Sebastião Barros, Sebastião Leal, Tamboril do Piauí, Uruçuí e Várzea Branca.


Fonte: Cidade Verde | Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *