Home / Notícias / Destaques / Picoenses comemoram vitória de Jair Bolsonaro no segundo turno

Picoenses comemoram vitória de Jair Bolsonaro no segundo turno


Em clima de festa e harmonia centenas de picoenses saíram às ruas na noite deste domingo, 28 de outubro, para comemorar a vitória do candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro. Muitos vestiam camisetas com a imagem do presidente eleito, enquanto a maioria trajava roupas com cores verde e amarelo, além de portarem bandeiras do Brasil.

Logo que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou a vitória de Jair Bolsonaro, começou a festa em Picos. Saraivadas de fogos de artifício soaram por todos os cantos da cidade, enquanto simpatizantes do presidente eleito saiam as ruas para comemorar. Buzinaços e sons de vuvuzelas eram percebidos em toda a cidade. Era uma demonstração de alegria dos vencedores.

Uma carreata com a participação de dezenas de veículos, motocicletas e centenas de pessoas foi realizada, passando por várias ruas da cidade e concluindo em frente a Galeteria, na Praça de Alimentação, onde foi executado o Hino Nacional.

A alegria das pessoas era visível e estava estampada no rosto de todos aqueles que participaram da comemoração da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na disputa pela presidência do Brasil.

Um dos mais entusiasmado com a vitória de Bolsonaro era o policial rodoviário e ex-candidato a prefeito de Picos, Júnior Nobre. Nas redes sociais ele resumiu o que significa a vitória do candidato do PSL à presidência da República.

“A eleição de Bolsonaro é a vitória de um povo que não aguenta mais a mentira, a corrupção, o desemprego, a violência, a falta de saúde, a falta de educação e, principalmente, a falta de esperança em que vivem os brasileiros. A verdade vence a mentira, assim como a honestidade vence a corrupção” – escreveu Júnior Nobre.

Vitória expressiva

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o deputado federal do PSL, de 63 anos, Jair Bolsonaro, conquistou 57.797.073 milhões de votos (55,13% dos votos válidos) e foi eleito novo presidente do Brasil. Ele derrotou no segundo turno das eleições presidenciais a Fernando Haddad, do PT, que teve 47.039.291 milhões de votos (44,87% dos votos válidos), uma maioria de 10.797.063 milhões de votos em favor de Bolsonaro.

Fonte: GP1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *