Home / Notícias / Destaques / PICOS | Maycon Luz acredita que processo de cassação do Padre Walmir pode ser anulado devido a irregularidades

PICOS | Maycon Luz acredita que processo de cassação do Padre Walmir pode ser anulado devido a irregularidades


O advogado Maycon Luz, que trabalhou como coordenador da campanha política do prefeito de Picos, José Walmir Lima, afirmou que o processo que julga uma possível cassação do gestor e do seu vice, Edilson Carvalho, é composto por “vícios” e “ilegalidades” e por isso poderá ser anulado. Luz disse ainda que não acredita que a ação seja julgada ainda este ano.

“Nós estamos a menos de um mês para o recesso, é um processo complicado, complexo e de acordo com a nossa tese, tem muitos vícios, muitas ilegalidades, então nós acreditamos que esse processo só irá para julgamento no próximo ano, depois da volta do recesso. E quando em julgamento, nós acreditamos firmemente, que os vícios alegados dentro do processo, serão acatados pelos desembargadores que irão analisar e o processo será anulado ou então retornará para a zona eleitoral de Picos para ser novamente instruído”, declarou.

Maycon disse também que o prefeito recebeu com tranquilidade a notícia do parecer do procurador do Tribunal Regional Eleitoral, Patrício Noé Fonseca.

“Com muita tranquilidade que nós recebemos o parecer, continuamos firmes, o prefeito continua trabalhando normalmente, nós estamos agora mesmo em uma reunião na prefeitura, trabalhando normalmente, isso não afetou nada o trabalho da Prefeitura Municipal, até porque, isso é apenas uma opinião e ela não tem caráter vinculativo, não é decisão, é apenas uma opinião do Ministério Público, e vamos aguardar a decisão, e cremos que só vai acontecer no próximo ano, onde sete desembargadores eleitorais irão analisar e irão decidir o caso”.

O advogado afirmou também que mesmo que a decisão do TRE seja desfavorável aos gestores picoenses, ainda cabem recursos.

“É importante dizer para a população, que nesse julgamento onde ocorrerá no TRE, não é um julgamento final do processo. Nós acreditamos que teremos êxito no julgamento, mas caso haja um resultado negativo, caso a cassação seja mantida, nós temos mecanismos ainda, meios de estar recorrendo dentro do próprio tribunal, o TRE, como também poderemos estar ingressando com recurso especial no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). […] Ainda tem muita coisa para acontecer, o que a gente pode dizer no momento é que a cassação está suspensa por conta do recurso e o Padre Walmir continua sendo prefeito e acreditamos que ele irá sim terminar o mandato em Picos no ano de 2020”, destacou Maycon Luz.

O processo está em andamento e é analisado atualmente pelo relator Pedro de Alcântara da Silva Macedo.

Fonte: Grande Picos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *