Home / Notícias / Educação / Professor realiza estudo para aproveitamento de resíduos do mármore exportado em Pio IX

Professor realiza estudo para aproveitamento de resíduos do mármore exportado em Pio IX


Um professor da rede estadual de ensino, Belarmino Albuquerque, realiza um estudo para o aproveitamento dos resíduos de mármore que não são exportados de Pio IX.

De acordo com o professor, a empresa que faz a extração na cidade, mostrou interesse em contribuir com um projeto que tem como objetivo, a criação de oficinas para que os moradores próximos da mina possam se capacitar e trabalhar com o produto.

A pesquisa, iniciou  no mês de abri, dia 06, e encerrou se em 20 de maio, e identificou que o mármore no município de Pio IX é explorado desde a década de 70 pela empresa Granistone S/A, e é retirado todos os meses aproximadamente 1800 metros cúbicos da rocha.

Tornou se público também. o conhecimento de que não existe nenhum projeto que reduza os impactos ambientais provocados pela retirada do mámore que é extraído, deixando a interrogação sobre o que será feito quando se chegar ao esgotamento total do material.

“Com máquinas específicas como os teares com ferramentas diamantadas, as serrarias fatiam esses blocos transformando-os em chapas ou placas. Quanto aos impactos ambientais observados podem ser citados problemas como erosões, desmoronamentos, alteração e diminuição das áreas de vegetação, assoreamentos, entulhamentos, entre outros.” – Trecho da pesquisa realizada pelo professor Belarmino Albuquerque.

Outro dado encontrado através desta pesquisa, é o baixo número de empregos gerados pela exportadora. Apenas setenta e cinco funcionários são contratados, em sua boa parte residentes de outros estados.

Belarmino, encontra se em Teresina, apresentando a pesquisa no Semeares (SEMINÁRIO REGIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ESCOLAS SUSTENTÁVEIS) na Universidade Federal do Piauí.

O trabalho foi realizado por; Belarmino Ferreira de ALBUQUERQUE, Lígia Raquel de VASCONCELOS, Gisélia Sudário ARRAIS e Ludmylla de Sá RIBEIRO.

Fonte: RegiãoemNotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *