Home / Notícias / Destaques / Professores oferecem pré-vestibular gratuito em Itainópolis

Professores oferecem pré-vestibular gratuito em Itainópolis

Mais de 100 alunos são contemplados com ação de docentes voluntários


Desde o início de março, está acontecendo em Itainópolis um cursinho pré-vestibular totalmente gratuito para alunos que já concluíram ou estão cursando o Ensino Médio. A iniciativa partiu dos professores Anderson Monteiro, Adeilson da Silva e Jafé Vera, os quais, desde ano passado, tinham planos de oferecer um suplemento de estudo para seus alunos.

Os três professores se reuniram, então, a fim de cada um expor aos outros suas ideias e desenvolver o projeto, que consiste em aulas presenciais, a princípio, e videoaulas de revisão, as quais deverão ser gravadas no fim do semestre e publicadas em um canal no YouTube.

O objetivo do cursinho é reforçar as matérias estudadas na escola, tornando os estudantes da rede pública de Itainópolis e Vera Mendes que almejam ingressar na faculdade mais bem preparados e aptos a concorrer o Enem de maneira mais justa com os alunos da rede privada.

Para que o cursinho ficasse totalmente gratuito, os professores abriram mão do uso materiais impressos. As apostilas são produzidas em PDF e disponibilizadas num grupo de WhatsApp criado para cada uma das duas turmas. E é fazendo uso do smartphone em sala, que os cursistas acompanham as aulas.

Apesar de os organizadores não terem feito ampla divulgação, foi grande a procura pelo serviço. E o que antes eles chamavam de “Triunfo Pré-Enem” hoje é o “Instituto Triunfo de Cursos Preparatórios”, o qual atende cento e quarenta alunos dos municípios de Itainópolis e Vera Mendes, tanto da zona urbana quanto da zona rural.

Mas os que estão participando não são os únicos interessados nas aulas. Mesmo depois de um mês letivo, a procura pelo preparatório continua intensa. Devido a isso, há um cadastro de espera, com mais de trinta nomes aguardado vagas, que vão surgindo aos poucos, à medida que algum participante, por um motivo ou outro, acaba desistindo.

Perguntados sobre o que os levou a montar um cursinho gratuito, os idealizadores declararam o seguinte:

“A ideia surgiu quando, no ano passado, a gente fez uma revisão para o vestibular da UFPI. Compareceram muitos alunos e tivemos um bom resultado, com mais de nove aprovações. Então veio a ideia de, em 2019, montar esse preparatório, que agora está sendo um sucesso. Mas o maior sucesso será com as aprovações que, sem dúvida, teremos este ano.” Diz, confiante, Jafé.

“Percebi que na nossa cidade há uma carência de cursos preparatórios para vestibulares. E para nossos alunos se deslocarem à cidade de Picos, a fim de fazer cursinhos, é muito caro. Ano passado participei de uma revisão solidária, ao lado dos professores Jafé Vera e Anderson Monteiro, para vestibular da UFPI, e vi que tivemos excelentes resultados. Por isso acredito que nossos esforços devem ser maximizados.” Explica Adeilson.

“Mesmo tendo estudado o Ensino Médio em escola particular, eu tinha reforço gratuito de Português e Matemática. Dezenove anos se passaram desde então, e hoje não tenho como retribuir tamanho gesto altruísta de meus professores. Por isso, dedico a esses jovens parte dessa oportunidade que tive e um pouco da generosidade que recebi. Aqui, a minha homenagem a meus ex-professores Ana Maria Leal e Zé Bispo, este último, já falecido.” Arremata Anderson.

A ideia dos entusiastas não teria dado certo se não fosse a contribuição dos professores colaboradores, entre os quais, voluntários das cidades de Itainópolis, Vera Mendes, Isaías Coelho, Patos do Piauí, Picos, Santa Cruz do Piauí e outras cidades vizinhas. No ponto de vista de Jafé, esses professores representam uma seleção dos melhores da região.

As aulas acontecem todos os sábados de manhã, na escola Odete Ferreira Nunes, cedida pelo município, e devem ir até o dia 26 de outubro, último final de semana antes das provas do Exame Nacional do Ensino Médio.

Fonte: Picos 40 Graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *