Home / Notícias / Destaques / Suspeito de participar de assalto a banco no Piauí é preso em shopping de Teresina

Suspeito de participar de assalto a banco no Piauí é preso em shopping de Teresina


Policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prenderam neste sábado (14) o homem identificado como Márcio Alencar Dutra, de 31 anos, suspeito de realizar assalto a banco na cidade de Amarante, em 2016. Ele também é suspeito de envolvimento em crimes nos estados do Maranhão, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

De acordo com o coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), delegado Willame Moraes, um policial que estava no shopping identificou o suspeito passeando com a família no local. Foi solicitado reforço e efetuada a prisão.

“Foi uma feliz coincidência por parte da polícia. Tinha um policial no shopping que o avistou caminhando tranquilamente com a esposa e o filho. O policial solicitou reforços e foi com mais dois policiais, e foi dada voz de prisão. Ele estava com documento falso porque era foragido, e foi encaminhado para o Greco”, detalhou o delegado.

O ato de prisão foi lavrado em cumprimento a cinco mandados de prisão, segundo o delegado. Márcio Alencar Dutra, conhecido como Márcio Capote, é suspeito de envolvimento no assalto ao banco em Amarante em junho de 2016. Ele e o grupo que assaltaram a instituição se passaram por policiais e fizeram reféns na ação. Ele havia sido preso em setembro de 2016 em Goiás, mas fugiu em seguida.

“Depois do assalto em Amarante, ele era foragido, e a polícia de Goiás conseguiu localizá-lo em Goiânia, e ele foi preso lá. Depois, ele foi recambiado para o Mato Grosso, e ele fugiu da cadeia de lá. Desde então, ele estava foragido. Agora, ele foi preso novamente”, explicou o coordenador do Greco.

Além de envolvimento com assaltos a instituições financeiras, de acordo com o delegado, Márcio Capote tem envolvimento em crimes de outra natureza. “Ele tem várias passagens, na época que eu era delegado do 12º, ele foi preso por mim por roubo de substância entorpecente. Ele foi se especializando nos crimes, tanto que chegou no auge, que é assalto a banco”, pontuou o delegado.

Fonte: G1 | (Foto: Denison Duarte/SomosNoticia.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *