Home / Notícias / Política / Temer deixa hospital Sírio-Libanês após passar por avaliação médica

Temer deixa hospital Sírio-Libanês após passar por avaliação médica

Segundo o Palácio do Planalto, presidente fez avaliação dos procedimentos urológicos e cardiológico pelos quais foi submetido nos últimos meses.


O presidente Michel Temer passou por consultas médicas no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (11). Segundo a assessoria da Presidência, “ele está bem e já foi liberado”.

  • Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão ConteúdoMichel TemerMichel Temer

De acordo com o G1, o avião presidencial pousou no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista, às 14h46. Em seguida, o presidente embarcou em um helicóptero em direção ao hospital, onde chegou às 15h01.

Segundo informou o Palácio do Planalto, Temer fez consultas de retorno para avaliações dos procedimentos urológicos e cardíaco pelos quais ele foi submetido nos últimos meses. Ele foi avaliado pelo cardiologista Roberto Kalil Filho e pelo urologista Miguel Srougi, segundo informou a assessoria da Presidência. A previsão é que ele retorne para Brasília nesta sexta-feira.

A saúde do presidente tem sido motivo de atenção desde que, em outubro, ele passou por um “procedimento de desobstrução uretal através de ressecção da próstata”. No mês seguinte, Temer fez uma angioplastia de três artérias coronárias. Em 13 de dezembro, ele foi submetido a nova cirurgia para desobstruir a uretra. O presidente precisou utilizar uma sonda, que já foi retirada, e ainda tratou uma infecção urinária.

Encontro com advogado

Em São Paulo, Temer também deverá se reunir com o advogado criminalista Antonio Claudio Mariz, que é amigo do presidente e seu ex-advogado. Atualmente, o criminalista atua como uma espécie de conselheiro jurídico de Temer.

Os dois já haviam se reunido na semana passada, quando Temer discutiu com Mariz as respostas para as 50 perguntas elaboradas pela Polícia Federal no inquérito que apura suposta propina para o presidente no Porto de Santos. Segundo auxiliares, o presidente irá responder todas as perguntas. Temer deve entregar as respostas na próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *