Casal é multada em mais de R$ 700 mil por falta de abastecimento de água em Maceió – Alagoas 24 Horas: Líder em Notícias On-line de Alagoas

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) foi multada pela Prefeitura de Maceió, através do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em R$ 760 mil por falta de abastecimento de água em bairros da parte alta da capital. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município de Maceió desta quarta-feira (13), conforme…

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) foi multada pela Prefeitura de Maceió, através do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em R$ 760 mil por falta de abastecimento de água em bairros da parte alta da capital. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município de Maceió desta quarta-feira (13), conforme a Lei 8.078/1990 em observação ao Código de Defesa do Consumidor.

O diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, reforça que as denúncias feitas pelos os consumidores foram confirmadas pela fiscalização nos locais.

“A multa da Casal, está seguindo o mesmo padrão de penalização da BKR, porque as duas empresas concorreram para um incidente que acabou afetando toda a parte alta da cidade, que gerou transtornos e constrangimento para inúmeras famílias no final do ano de 2021. Então, com toda essa má prestação de serviço, as empresas foram autuadas”, ressaltou.

A Companhia de Saneamento tem o prazo de 20 dias para pagar ou recursar na esfera administrativa.

O Alagoas24Horas entrou em contato com a Casal, que informou que está apurando o caso e que se manifestará posteriormente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *